Archive for the Contribuição Voluntária Category

Projeto Coisa Fina

Posted in Contribuição Voluntária, Música on setembro 9, 2009 by Cá Oliveira

Uma super Big Band!! Com uma fusão de canções e música instrumental, uma fusão de jazz, baião, samba e maracatu!

Fazem uma super homenagem (e são influenciados) pela obra do genial Moacir Santos! (quem não conheçe vá atrás que vale à pena! – eu tenho um Cd dela chamado “Coisas”, quando ganhei alguns anos atrás, confesso, não o conhecia e fiquei desconfiada de se era mesmo bom… Até ouvir! É genial! Procurem!)

http://www.projetocoisafina.com/

PRÓXIMO SHOW:

14 DE SETEMBRO
2ª FEIRA – 20:30h
Teatro da Vila
Pague quanto vale!

Samba Da Vela

Posted in Contribuição Voluntária, Música on setembro 9, 2009 by Cá Oliveira

Pra quem gosta de samba!

“No dia 17 de julho de 2000, quatro jovens compositores da periferia de São Paulo reuniram-se no bairro de Santo Amaro. Precisamente na Rua Doutor Antônio Bento, 257. Era noite de segunda-feira. Cavaquinho, pandeiro, surdo, tamborim. Junto a outros amigos formaram uma pequena roda de samba onde, inicialmente, começaram a cantar seus próprios sambas, a mostrá-los uns para os outros. O clima de descontração tomou conta do ambiente. A empolgação foi coletiva e desenfreada. Quando deram por si vararam a madrugada e sabia-se que o repertório não era nada pequeno. Como finalizar uma reunião ambientada à música, se o que pairava à volta era a descontração, a simplicidade e a felicidade em mostrar e conhecer a forma como um falou do amor, como o outro gritou seu protesto, como o outro expôs seus sentimentos em forma de versos e em ritmo de samba? Difícil. Além disso, antes dos sambas serem cantados os compositores instintivamente contavam sua história, o porquê de sua criação.

Então uma luz! Sim, foi preciso uma luz. Como em toda a circunstância de nossa vida, agradável ou não, sempre haverá uma luz.

-Vamos acender uma vela – disse um deles. Começamos a cantar os sambas enquanto sua chama perdurar até o último facho de luz.

Quando a vela apagar estará encerrada a mostra de sambas.

Num primeiro momento a idéia causou certa estranheza, mas logo foi aceita por todos e colocada em prática. A vela serveria como um relógio. Mal sabiam aqueles sambistas a amplitude que a luz daquela pequena chama alcançaria. E, assim, outros compositores foram convidados a participar daquela reunião, a mostrar seus sambas, que por sua vez falou para outro. O círculo de amigos aumentou, novos amigos foram conquistados, novas parcerias foram formadas, muitos sambas criados. Estava criada a Comunidade Samba da Vela.”  texto de Edvaldo Galdino retirado do 1. caderno de 2009 da Comunidade Samba da Vela

 

Comunidade Samba da Vela

Casa de Cultura de Santo Amaro -Dr. Praça Francisco Ferreira Lopes, 434(altura do n.º 820 da av. João Dias / em frente a Biblioteca)
Tel: (11) 5522-8897 / (11) 5691-0164
 

Toda segunda-feira as 20h30

Contribuição Voluntária: R$3,00

www.sambadavela.com.br

http://www.sambadavela.org.br/
“Vem cantar gente boa

Vem sambar gente boa

Cantando, bebendo e sambando

Ninguém fica à toa”

(Maurílio de Oliveira/Magnu Sousá)